A pergunta que não quer calar: o que é BI?

BI se define por Business Intelligence ou, em português, Inteligência de Negócios.

 

Mas, afinal, o que é inteligência?

Será conhecimento e compreensão? Ou informação precisa?

 

E inteligência gerencial?

Todos concordam que para resolver problemas complexos é preciso fazer decisões assertivas.

Nós tomamos decisões o tempo inteiro: “manter, vender ou comprar?”. Entretanto, às vezes, tomamos decisões ruins, justamente, por não contarmos com o respaldo da precisão, por não usarmos inteligência.

 

Muitas vezes, lidamos somente com a intuição, o que pode ser perigoso!

 

Mas, o que faz uma decisão ser ideal?

 

INTELIGÊNCIA + INFORMAÇÃO = DECISÃO CORRETA

 

Então, informação tem a ver com respostas. Pessoas jurídicas obtêm respostas por meio dos dados do negócio – sobre pessoas, produtos e lugares. Elas também têm perguntas: “Quais produtos são os melhores?”; “Como as minhas vendas estão indo?”; “Como os meus funcionários estão indo?” Mas antes de obter as respostas, é preciso compreender os dados de maneira perspicaz. Caso contrário, seria um mero trabalho de palpites.

 

Primeira regra: armazenar informações!

Dados têm valor, são preciosos.

 

O banco de dados é uma maneira de guardar informações sobre negócios, pessoas, produtos e lugares, mas ele não é inteligente.

Então, banco de dados é só armazenamento de informações.

 

DADOS + ACESSO = RESPOSTAS?

 

Dados vêm de múltiplas fontes e aplicações de negócios. Para sua análise, foram criados infinitos relatórios – que ainda eram dados fragmentados e muito pouco informativos.

 

Mas para obter informação é preciso ter um acesso mais perspicaz via múltiplas localidades, movimentando todo o “data warehouse” (armazém de dados). Todavia, não basta apenas ter dados organizados e provenientes de vários lugares. Eles precisam ser gerenciáveis, acessíveis e analisados.

Os negócios querem dados mais rápidos e, por isso, o BI trouxe a alta performance.

 

A inteligência do Business Intelligence

Software que complementa o ERP da empresa, o BI apresenta gerenciamento de informações, consultas, relatórios dinâmicos, ferramentas de análises e de visualização, tabelas dinâmicas, cockpits, dashboards e performance de gestão.

 

Com BI, os softwares ganham mais funcionalidade, como acesso offline e online. Isso é inteligência e permite que as empresas deixem de agir no campo intuitivo, possibilitando a tomada segura de decisões.

 

BI é usabilidade: transforma o dado no formato correto para que, então, ele possa ser aplicado por mais pessoas e facilmente gerenciável. Trata-se da entrega de resultados corretos, no tempo certo, para a pessoa exata.

 

Business Intelligence indispensável

Em tese, o atual nível de competitividade exige que todas as empresas, indistintamente, consigam responder, rapida e acertadamente, às solicitações do mundo dos negócios.

 

Nesse sentido, todas as empresas precisam contar com instrumentos que as ajudem a melhor identificar custos, analisar fatores que impactam na rentabilidade dos negócios, a partir da sensibilização das margens e giros dos estoques, juntamente com análises de tendências do mercado e os hábitos dos consumidores. Assim, os gestores podem fazer previsões e traçar planos de ação com monitoramento e correções dos desvios em um prazo mínimo.

 

A solução Vistra BI foi projetada para corresponder à visão e percepção das necessidades  das empresas em geral e com o desafio de tornar o BI acessível às organizações de todos os portes. Isso porque, diante das oportunidades provenientes do crescimento brasileiro, a economia impõe desafios, como por exemplo a substituição de ganhos informais por ganhos formais, forçando todos ao desenvolvimento de maior competência em gestão.

 

Diante desse contexto, a empresa Vistra Tecnologia busca ser agente propulsor de ferramentas indispensáveis à inteligência de negócios.